17 de jul de 2015

Eu ainda te espero...


Já te imaginei milhares de vezes, e na realidade você nunca apareceu, mas eu ainda te espero. Ás vezes penso: será se você existe mesmo? Será se você vem mesmo? Eu não sei, só sei que eu ainda te espero. Se vai chegar num cavalo branco, numa moto, ou se vamos nos encontrar por acaso em um dia qualquer na rua eu não sei. Só sei que ainda te espero. Nós nunca nos esbarramos por aí , derrubando meus livros e terminando a cena num encontro de olhares apaixonante, mas eu ainda te espero. Também nunca te conheci por acaso na fila de um banco, nem derrubei bebida em você sem querer, dando a deixa perfeita para o encontro de olhares e o amor á primeira vista, mas eu ainda te espero.  E preciso te dizer que já amo o jeito como você irá (eu espero) me olhar e mexer em meus cabelos, amo as mensagens que você vai me mandar no meio da madrugada falando que está com saudades, e amo os filmes que vamos assistir comendo brigadeiro. Nada disso aconteceu ainda, mas eu já imaginei cada detalhe, e continuo te esperando. E espero também não estar sendo boba aqui imaginando você quando na verdade você nem existe, é só a minha imaginação projetando um desejo meu. Só preciso dizer isso cavalheiro, eu ainda te espero, e vê se chega logo.

2 comentários:

  1. Nossa,que lindo *0* me vi refletida nesse texto de uma tal maneira,que é incrível.
    Um dia ele chega sim, é só esperar e ter fé ;)
    Beijos ^.^

    ResponderExcluir
  2. Fico muito feliz de saber que você se viu no meu texto Jenny! E tem que ter fé mesmo!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar, vamos ler, e responde-los! Obrigado...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Dois Jeitos de Ser - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Daiane Santos ¬ Vitória Alves.
Tecnologia do Blogger.