15 de jun de 2015

Por que não errar?


Sempre é assim, você tenta fazer tudo direito. Tudo do jeito que tem que ser, mas você não é a mulher maravilha, nem o super homem. E aí você vai errar. Seja uma palavra dita da maneira errada, um trabalho entregue fora do prazo, um evento que você não vai, um amigo que você não consegue ajudar ou até mesmo uma escolha errada que só vai te trazer dificuldades, sofrimento e principalmente, arrependimento. E é nessa hora que a maioria das pessoas fica lhe julgando. Dizendo que você não era para ter feito isso, nem aquilo. E você não sabe o que fazer, nem o que dizer. A única reação que consegue fazer é ficar calada(o), com a cabeça baixa, pensando no que fez e/ou no que deixou de fazer.
Só que meu caro(a), a vida não veio com manual de instruções. Você não é perfeito(a), nem prevê o futuro... Portanto, erre! Erre uma, duas e se preciso até três vezes. Mas, erre com a certeza de que você vai aprender alguma coisa com seu erro. E que esse erro vai lhe ajudar de alguma forma... Já ouvi dizer que a gente aprende mais errando do que sempre acertando. Ah, mas e se me julgarem? Se te julgarem, liga o botão do foda-se e pronto. Os outros são só os outros. A vida é sua. Os erros são seus... Olha a sua vida com olhos positivos e tudo vai dar certo.

Um comentário:

  1. Os erros fazem parte,deixar de se levar por eles e desistir de tentar é maior bobagem de todas.Se não fosse o erro ninguém nunca teria criado tudo o que temos hoje.Como diz a música "Sou humano e não consigo ser perfeito",mas somos amados mesmo assim,então bora ser feliz,com erros mesmo rs :D
    Beijos ^.^

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar, vamos ler, e responde-los! Obrigado...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Dois Jeitos de Ser - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Daiane Santos ¬ Vitória Alves.
Tecnologia do Blogger.