13 de mar de 2015

Será que é mesmo preciso reclamar tanto?

Ei você, quero te falar uma coisa! É você mesmo. Você que está aí reclamando por que quebrou a unha da mão que demorou tanto a crescer, ou por que perdeu o ônibus. Queria te falar que a vida é muito curta pra você ficar por aí se lamentando ou reclamando por qualquer besteira. E se você tem realmente problemas muito grandes, também não reclame, pois tudo acontece por que era pra acontecer.

Se Deus (Jah, Jeová, Tupã, ou qualquer que seja o Deus em que você acredita) te mandou esse problema, é por que ele sabe que você é capaz de superar! A vida é tomar decisões e não se arrepender, se uma coisa não deu certo, é por que não deveria mesmo dar.  Sabe, pensar nos problemas a todo minuto não vai resolver nada, só vai te fazer se sentir mais mal ainda. Por maior que seja a sua dificuldade, existe muita gente por aí em uma situação pior.
Então, por mais difícil que seja, agradeça pelo que você tem de mais precioso, a sua vida, agradeça por tudo que deu certo e pelo que deu errado também! Quando você começar a fazer isso, você vai se sentir melhor. E celebre a vida sorrindo! Sorria por que acordou bem, sorria por que a lua está bonita, sorria por que saiu pra passear com os amigos, sorria por que se reconciliou com o namorado, sorria por que está feliz!

Enfim, pare de ficar perdendo seu precioso tempo com reclamações que não valem a pena, e aproveite cada minuto de sua vida! Bjos, até o próximo post, espero que gostem!

2 comentários:

  1. Concordo com tudo Vi,pra que perder um tempo precioso reclamando quando a beleza está em tudo que nos rodeia e no simples fato de estarmos vivos para admirar as maravilhas da vida.
    Vamos viver com alegria :D
    Beijos ^.^

    ResponderExcluir
  2. É isso aí querida! Quem reclama não vence na vida!
    Beijos!

    BLOG QUERIDO DEUS,OBG POR ME EXPORTAR!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar, vamos ler, e responde-los! Obrigado...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Dois Jeitos de Ser - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Daiane Santos ¬ Vitória Alves.
Tecnologia do Blogger.