11 de mar de 2015

Música do Momento


Gente, acho que nunca compartilhei aqui a minha musica do momento. Então, hoje vou mostrar pra vocês... Essa música não é tão nova assim. Ela foi lançada em 1986, no álbum Dois, do grupo Legião Urbana. Gente, eu ainda nem era nascida... (risos) Eu também não conheci ela agora... conheço ela há alguns anos!

Mas, vocês devem estar pensando: "De qual música ela está falando?!"

Gente, eu estou falando de Eduardo e Mônica. Olhem a letra abaixo se você ainda não conhece, e se conhece, acompanha a letra relembrando as suas lembranças com ela.

Quem um dia irá dizer
Que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer
Que não existe razão?

Eduardo abriu os olhos, mas não quis se levantar
Ficou deitado e viu que horas eram
Enquanto Mônica tomava um conhaque
No outro canto da cidade, como eles disseram

Eduardo e Mônica um dia se encontraram sem querer
E conversaram muito mesmo pra tentar se conhecer
Um carinha do cursinho do Eduardo que disse
"Tem uma festa legal, e a gente quer se divertir"

Festa estranha, com gente esquisita
"Eu não tô legal, não aguento mais birita"
E a Mônica riu, e quis saber um pouco mais
Sobre o boyzinho que tentava impressionar
E o Eduardo, meio tonto, só pensava em ir pra casa
"É quase duas, eu vou me ferrar"

Eduardo e Mônica trocaram telefone
Depois telefonaram e decidiram se encontrar
O Eduardo sugeriu uma lanchonete
Mas a Mônica queria ver o filme do Godard

Se encontraram, então, no parque da cidade
A Mônica de moto e o Eduardo de camelo
O Eduardo achou estranho e melhor não comentar
Mas a menina tinha tinta no cabelo

Eduardo e Mônica eram nada parecidos
Ela era de Leão e ele tinha dezesseis
Ela fazia Medicina e falava alemão
E ele ainda nas aulinhas de inglês

Ela gostava do Bandeira e do Bauhaus
Van Gogh e dos Mutantes, de Caetano e de Rimbaud
E o Eduardo gostava de novela
E jogava futebol-de-botão com seu avô

Ela falava coisas sobre o Planalto Central
Também magia e meditação
E o Eduardo ainda tava no esquema
Escola, cinema, clube, televisão

E mesmo com tudo diferente, veio mesmo, de repente
Uma vontade de se ver
E os dois se encontravam todo dia
E a vontade crescia, como tinha de ser

Eduardo e Mônica fizeram natação, fotografia
Teatro, artesanato, e foram viajar
A Mônica explicava pro Eduardo
Coisas sobre o céu, a terra, a água e o ar

Ele aprendeu a beber, deixou o cabelo crescer
E decidiu trabalhar (não!)
E ela se formou no mesmo mês
Que ele passou no vestibular

E os dois comemoraram juntos
E também brigaram juntos muitas vezes depois
E todo mundo diz que ele completa ela
E vice-versa, que nem feijão com arroz

Construíram uma casa há uns dois anos atrás
Mais ou menos quando os gêmeos vieram
Batalharam grana, seguraram legal
A barra mais pesada que tiveram

Eduardo e Mônica voltaram pra Brasília
E a nossa amizade dá saudade no verão
Só que nessas férias, não vão viajar
Porque o filhinho do Eduardo tá de recuperação

E quem um dia irá dizer
Que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer
Que não existe razão?

Então, porque eu gosto tanto dessa música? Por que ela me lembra muito uma pessoa especial. E muito mais que isso... por que ela me lembra que o amor é isso: Você amar a pessoa não pelo que ela tem, nem pelo que ela faz. E sim, pelo que ela é! E daí se ela é mais nova, mais velha... se ela gosta de um estilo musical diferente do teu. Nem se vocês são diferentes demais. O que importa é você ser feliz. Se ela lhe faz bem, isso já é o importante!

Se você quiser, dá o play ai no vídeo abaixo. Foi o vídeo que a Claro fez pra uma campanha publicitária... e ficou perfeito! (Na minha opinião!)




Vídeo perfeito né?
Enfim, sabe o que eu queria propôr a vocês leitores e leitoras que acompanham o Dois Jeitos de Ser? eu queria que vocês escrevessem um email pra mim ou pra Vii contando o que vocês sentem ao escultar a música Eduardo e Mônica. Não sei o que vocês sentem, nem do que vocês lembram... então, se vocês lembram de algum sentimento legal, compartilha com a gente vai?! Se suas emoções tocarem o nosso coração (tenho certeza que vai!) a gente faz um post falando sobre as suas emoções! (Se você, quiser. Obvio!)
P.S.: Vocês podem escrever no formulario do fale conosco no menu fixo. Obrigada gente.

Um comentário:

  1. Eduardo e Mônica foi uma das primeiras músicas do Legião que eu realmente parei para tentar entender a letra,em partes porque era na aula de português na escola rs e em partes porque eu não entendia o significado,mas agora entendo.
    Eduardo e Mônica marcou um período muito importante na minha vida,a transição de uma escola para outra completamente nova e com valores muito acima da anterior....Eu canto até hoje e lembro desse momento,em que eu amadureci mais e me tornei a melhor parte do que sou hoje.
    Amei o post Day,super beijo ^.^

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar, vamos ler, e responde-los! Obrigado...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Dois Jeitos de Ser - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Daiane Santos ¬ Vitória Alves.
Tecnologia do Blogger.